L´AMOUR

“E que morra a puta que pariu minha tristeza.” – Adélia Prado

Um cachorro preto
todo osso
tempo demais
junto
eu chuto, cuspo, expulso:

– Passa! Passa!

Junto
tempo demais
junto
arrumo a cama
pra outros dormirem
o cachorro junto
de osso preto.

6 respostas

  1. Olá!!!!!!!!!! Obrigada pela gentil visita ao meu blog!!!Estou te seguindo também! Será um prazer acompanhar seus escritos.Vejo que tens muito talento e sensibilidade para a poesia. Parabéns.Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *