YOGA 2010

Amor profundo
que me abra:
trocar
com o mundo
respirar.

13 respostas

  1. Obrigada pelo comentário.Me sinto lisonjeada, rs.Não consigo enxergar um amor que não seja profundo, então, que seja só amor. Ele sempre abre..Depois dessa visita que fiz, se possível for estarei lendo o teu livro.Beijo.

  2. Oi, Priscila, obrigado! Não sei se todo amor abre, na prática não… 🙂 Quanto ao livro, se for do Rio de Janeio faço questão de entregar em mãos. 😉 Beijos

  3. Olá Fábio obrigada pela visita em meu espaço, seja sempre bem vindoQuanto ao post: sempre procuramos por este amor que nos faça ver e receber o mundo com alegria(com braços abertos) trazendo a nós uma visão de paz e beleza..belas palavrasBjos e já estou te seguindo também!! voltarei sempre!!

  4. A calhar, meus olhos lêem OSHO:VulnerabilidadeO êxtase é um banho de chuva. Quando ele realmente ocorrer, será quase como um banho de chuva.Quando ele acontecer, você ficará encharcado com ele, banhado nele. E tudo que é necessário para permitir que o êxtase aconteça é a vulnerabilidade, nada mais.Você só não deve se proteger contra isso.(Osho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *