Poemas pré Reveillon em Caxambu

2d16a

SEM BEBER VINHO

Para Julia

Noite cheia
meia noite
lua ausente
meia lua
gente inteira
longe ela
perto, perto…

(Caxambu, 30/12/2009)

A NULA

Nunca Antígona
antídoto para a nuca
terra antiga nua
cheiro de molhada
chove devagar
a madrugada.

(Caxambu, 30/12/2009)

FENDA

Ainda cedo
a noite calma
amando a morte
a parte toda
segue escrevendo
escreve sendo.

(Caxambu, 30/12/2009)

FONTE

Trocentas fontes no longe
na lama
no inferno
e se apenas
saíssemos de baixo dos telhados
a água milagro-ferruginosa viria direto do céu à boca.

(Caxambu, 30/12/2009)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *