FÊNIX

A ave de Fênix, anda voando muito pelos meus poemas ultimamente… Agora, finalmente com uma máquina decente, consegui fotografar uma delas, no asfalto da minha rua, caminho para a caminhada diária na praia… Quem tiver olhos, que veja. 🙂

 

fênix

P.S.: Não parece um vazio redondo no peito? Só outro dia percebi isso e vou andar há meses…

3 respostas

  1. ADOROquem vê beleza no ordinário,no não-óbvio!Adorei a imagem, Fabio.E sim: eu também vejo o vazio redondo no peito.(teste projetivo? rsrsrs)Bjo!Ótimo fds.:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *