PRAIANÍSSIMO

Vou em direção
ao sol
só meu
(seguindo cada curva).

As ondas
do mar
trazem palavras
silenciosas.

Palavras fortes
contra toda e qualquer
literalidade
superficialidade
materialidade
quebram estrondosas
na espuma.

Urubus as cercam
gaivotas as furam
pombos as cortam
eu as caminho.

Caminhando
mastigo
afirmo
aumento
existo.

(Em casa
mamãe acha um problema em minhas costas
e o vizinho martela alguma parede sólida.)

4 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *