ENORME

Chove o mundo
e meu coração (velho navio)
se move.

Uma resposta

  1. Bela pintura, poeta. As recorrências que hj fazemos, inconscientemente, muitas vezes, a imagens já trabalhadas por poetas clásicos(como esta do coração/navio), ao contrário do q muito crítico postula, nãoi desgasta; antes, a meu ver, revitalizar o poder plático da nossa língua portuguesa. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *