VALE TUDO?

No deserto estéril
cercado de moeda
por todos os ralos
me arrasto entre futuros
de pessoas feias mas confortáveis
e um impulso injusto e inafiançável
dentro desses dentes trincados cansados
quer seguir o belo
o bom
o justo
sem ter que escrever o que querem ler
apenas pra passar.

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *