BOA NOITE

Escrevo quente
que a noite é fria…

Escrevo nu
pra me cobrir com poesia…

5 respostas

  1. Incrível, meu caro, como que com poucas palavras você ousa transceder. Confesso que sou um grande apreciador dos seus versos desde quando o Google me conduziu a eles numa busca desesperada pela (palavra)poesia. Eis que então estavam diante de mim, pequenos diamantes reluzentes lapidados pela inspiração e pela filosofia… Meus olhos não mais deixaram de contemplá-los, embasbacados com tanta beleza. Pensando melhor, encontro o porquê de suas poesias serem geralmente curtas: você não precisa de muitas palavras, você é por demais íntimo de todas elas. Mas enfim, passei aqui para lhe agradecer pelo comentário que deixou no meu blog. Eu, um amador sendo elogiado por um grande poeta: para mim beirou o inimaginável. Escreva e guarde o que eu hei de profetizar: seu nome será (quiçá já seja) indelevelmente marcado na história da poesia brasileira. É uma questão de tempo, é uma questão de versos. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *