SONHOS DE VOAR

Chove.

É tarde
ou talvez cedo
a verdade
é o medo
da morte.

O que arde
no canto
das asas
abertas
atônitas
despreparadas
para a solidão do céu.

O fundo
do abismo
é o mundo.

Sonhar em voar
e cair
e morrer
a toda hora
morrer um segundo
morrer a criança
que sonha e não voa
é triste.

3 respostas

  1. Lindo poema, lindo. Acordar do sonho de voar é acordar caindo no mundo…Estou refazendo meu blog, postando textos antigos e escrevendo mais, espero que passe por lá e goste! (é bobagem, na verdade egoísmo bobo, deixar tudo engavetado…)Um abraço.

  2. Obrigado, gente.É estranho como fazer psicanálise como paciente é muito mais poderoso e brutal quando em conjuto com um curso de formação como psicanalista. A teoria de alguma forma potencializa a auto-análise. Daí saem poemas assim… :)Laura, fico muito feliz em saber que vai voltar a dividir seus belos textos. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *