OSTRA

O sono me desperta a vida
e com palavras brinco
de pérolas.

3 respostas

  1. Meu caro, adoro poetrix! E vc é um exímio artesão! Lendo seus poemas, só não concordo que o poetrix é filho bastardo do hai-kai: a sua poesia, meu caro, demonstra claramente que o hai-kai é um pai ausente.Abraços. Wilson Torres Nanini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *