UM SEGREDO ENTRE NÓS

11:11

Hora de perdoar
perdoar os pais
perdoar os amigos
perdoar a si mesmo
e pedir perdão…

Para que possa a vida (preciosa)
entre acertos e erros imprecisos
seguir.

(UM SEGREDO ENTRE NÓS – Finalmente um filme bom nos cinemas!)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kOuLdPygXio&hl=pt-br&fs=1&w=425&h=344]

6 respostas

  1. fundamental… perdão, dizia um velho mestre meu amigo, é uma “perda grandona = perdão”… há que se dar como perdido e só. E daí prosseguir.bjos

  2. Padmaya, não entendi bem essa ligação entre perdão e perda… Não seria um ganho pedir perdão?Ceres, bom te ler de volta por aqui!!Clarinha, o títuo do poema é o mesmo do filme. :)Beijos e obrigado pela visita, leitura e comentários

  3. Um segredo entre nós 🙂 Não perdoar me faz estanque “como quem constrói estradas e não anda”. Raiva ardendo o chakra do coração. Sem catolicismos, mas o perdão é uma bênção pra quem dá e quem recebe. Tento dar o passo adiante. Perdoar, me perdoar e poder seguir. Lindo poema, Fabio Rocha 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *