Lendo Nietzsche em Freud

Lendo Nietzsche em Freud

Olhem que maravilha… (Grifos meus.) Impressionante sobre como a instituição “casamento” não parece ter mudado muito desde o tempo de Freud.

“Em geral não me ficou a impressão de que abstinência sexual contribuía para produzir homens de ação enérgicos e autoconfiantes, nem pensadores originais ou libertadores e reformistas audazes. Com frequência bem maior produz homens fracos mas bem comportados, que mais tarde se perdem na multidão que tende a seguir, de má vontade, os caminhos apontados por indivíduos fortes.

Freud, Obras Completas, Vol. IX, “Moral Sexual Civilizada e Doença Nervosa Moderna”, Rio de Janeiro:Imago, 2006. p. 181

Leia mais citações

Leia mais filosofia

Leia mais poemas de grandes poetas

2 respostas

  1. Pelo que entendi do Freud, não é a mulher puxando, mas a sociedade (ou os fortes), as normas, o padrão, ditando o que os fracos devem fazer (bem comportados como no rebanho nietzschiano) que ele critica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *