CRISALITIVO

Uma borboleta que na noite não dorme
atraída pelo fogo fátuo
do poema não feito
perfeito

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *