TORRE DA TÉCNICA OU BABEL EM PAPEL

prosa não tem nexo
Poesia é o internexo
entre a dor do preso e o prazer do sexo

Disto isto, nobres senhores Doutores,
a quem interessar possa, nesta data
quero deixar aqui bem claro
que a poesia oficial atual mundial
é chata
mas seus prefácios mais ainda.

Por não falar nisso…

Segurança é racional
no entanto o animal
disto se sufoca mais e
mal
do pânico
(metodicamente comprovado)
(metodicamente comportado)

Para não perder a rima,
o jornal
é superficial
(boa noite)

E a certeza da noite
certa para todos
continua presa
na garganta
profunda
(mesmo para os que moram na superfície)

Assim sendo,
o desejo globalizado
troca o auto-conhecimento
pelo sucesso de um carro importado
(nunca suficiente)

Acho que sonho
mas não acho tempo
para achar o que sonhei

6 respostas

  1. Adivinhe só? Meu computador voltou a conectar a net (não sei como). Então, atualizando blog como página inicial…Vamos lá. Sabe, eu realmente ADORO poemas com parênteses. Eles adicionam toques irônicos (cínicos?) únicos a um poema. Sempre me espanto com a sua habilidade compondo poemas. As palavras fazem um bom conjunto, os versos são bem distribuídos e o Poema (com P maiúsculo sim) sempre fica bom. Excelente poema.Ja-ne. Estamos no caminho certo, certo?

  2. Putz, obrigado meu amigo! Às vezes acho que estou sempre longe de fazer poemas que cheguem aos pés dos da época do CORTE e do TUDO PELOS ARES. Bom saber que vocêr apreciou esse recente! Abração

  3. Nossa!!! Como eu gostei. Tambpem o marcaria. E concordo com o Moisés sobre os parênteses, mas eu prefiro as reticências, o sonho, o filme sem final. Dá asas ao criar. Beijos e… 😉

  4. Fábio:Gostei tanto que o estou publicando lá no Neurótika. Espero que concordes com esta minha impetuosidade de publicar sem pedir autorização. Os créditos estão lá. AbraçoRegina Ramão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *