CEFALÉIA (DESABAMENTO)

Casa antiga
desabar lento
água de março
gosto de vento

4 respostas

  1. A meta é hoje. É fazer o melhor a cada momento. Pra não se arrepender depois – de não ter dito, não ter feito, não ter falado. O amigo morre e Nietzsche pra mim é bem prático: o Eterno Retorno me faz querer viver cada momento, cada emoção, olhar por cada janela e sentir que… que vivi. Faz sentido? hehehe Beijos, meusAh, e pra não me arrepender de não falar: eu amo vc. Hoje. 🙂

  2. Olá querido Fábio,Circulando pela net, sempre encontro algum trabalho teu, o qual admiro bastante. Apesar de somente agora passar por aqui pra dá um alô, há muito sou tua fã. A propósito seu blog já consta entre meus links favoritos.Abraço,SaúdeSucesso!Simone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *