AO AMIGO CORTADO

Que lhe brote muito verde
lhe visite muito novo
e a lembrança da seiva
não seja
desta última faca
enferrujada de velhice
mas apenas
das épocas
de bons frutos

5 respostas

  1. Obrigado, -alexandra-Estava sentindo falta de seus comentários de além-mar!O corte foi feio, mas tomara que pelo menos o poema tenha ficado bonito. :)Beijão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *