NO MEIO DA SÓLIDA IMBECILIDADE HUMANA PROCURO

sonhos sobre silvos
noite dançante em fumaça
solidez nenhuma
a quebrar vidraças

3 respostas

  1. Obrigado, amigo! É a wikipédia me inspirando, aquele antro! 🙂 Filosofia voltou às aulas hoje e tá tudo em paz, muitos professores faltando na primeira semana como sempre… 🙂 E você, que contas? Abração

  2. Rapaz, devo entregar a minha dissertação até o fim do mês ao Paulo Emílio, sobre Inclusão Social por Atividades Culturais lá na FGV. E já consegui uma outra bolsa de pesquisa na Casa Ruy Barbosa sobre gestão de suprimentos em instituições culturais. E assim vamos levando a vida se euilibrando entre a administração e a poesia. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *