A minha Wikipédia e a Wikipédia do Fabiano Pires (atual GRS73 – e o caso da alteração do Mario para Mário Quintana)

A minha Wikipédia e a Wikipédia do Fabiano Pires (atual GRS73 – e o caso da alteração do Mario para Mário Quintana)

[Alterado por motivo de novas descobertas, graças ao Ricardo Alfaya, em 19/12/2007] 🙂

Não é a Wikipédia quer mudar o nome do Mario Quintana para Mário Quintana. São as “regras da ortografia oficial brasileira”: Enquanto o escritor ou artista for vivo deve-se respeitar a ortografia por ele adotada. Porém, depois do falecimento, seu nome passa a ser redigido conforme as normas gramaticais oficiais. Continuo achando um absurdo, mas…

Um poeta, quando morto, não pode mais romper a ordem ortográfica… Morrem com ele os desejos no nascimento, do pai do poeta, ou da mãe, que quis dar uma fugidinha do padrão, e inovar fugindo às normas. Danem-se todos o livros, as assinaturas, os documentos com o nome escolhido na vida do artista! A morte traz a ordem… No túmulo, serei Fábio. 🙂

Após minha confusão anterior, fui considerado vândalo na Wikipédia. 🙂

Eis a explicação do moderador (Sysop) Fabiano Pires, que não me deixou corrigir o acento no nome do Quintana, sendo essa tentativa um vandalismo para ele: “Prefiro a Wiki e com letras maiúsculas”.

Aqui cabe uma questão: será que a Wikipédia internacional toma ciência desses problemas com os sysops e usuários brasileiros? Eu duvido. É um desestímulo pra quem está começando a acusação de vandalismo, com 7 pedras na mão. Do mesmo modo que o apagamento de suas páginas. A maioria dos moderadores, pelo que vi, usa até medalhas por “acabar com o lixo”. Imagine a reação de alguém que gasta minutos ou horas ou dias fazendo um artigo que é excluído logo na primeira vez que tenta participar da Wikipédia. Nunca mais volta, certo? Por isso que acho que nunca alcançaremos, em quantidade de artigos, a Wikipédia em Inglês. O criador da (bela) idéia da Wikipédia como enciclopédia livre, se souber das variações tropicais sobre seu tema inicial deve dar voltas no túmulo (caso tenha morrido). 🙂

Pois bem, como adoro ser um vírus em qualquer sistema, me deu na telha, só para contrariar e confundir com um pouco de caos a lógica desses moderadores apressados na acusação e apagamento, resolvi contribuir mais ainda, maravilhosamente bem e dentro de todas as regras que tenho saco para ler, com a Wikipédia em Português. Até porque talvez isso dê mais trabalho para a conferência para esses mesmos moderadores.

Algumas das páginas que aprimorei:
– o nematocisto do cnidoblasto;
– a armadura do Shiryu de Dragão;
– detalhes sobre Sócrates na página dos filósofos Pré-Socráticos.

Minhas alterações eram, para muitos deles, com grande probabilidade (ou já certeza?), puro vandalismo, mas em dois dias contribuí em mais de 100 páginas, ganhando inclusive direito a voto. 🙂

Não sei por quanto tempo terei saco de tentar melhorar as páginas de mais variados temas, e evitar a exclusão de artigos bons por meio de voto, tentando reverter essa mentalidade e dando mais trabalho para esses usuários e moderadores. Essa vontade de apagar, desconfio que seja só para satisfazer o desejo infantil e ressentido (mas humano, demasiado humano) de parecer melhor ou superior do que o outro (que pelo menos, está criando, fazendo algo). Por algum tempo ficarei nessa luta vã. O que é a vida senão uma luta vã? 😉

E, pensando bem, pode ser bom para o todo e para a idéia inicial da Wikipédia: espalhar (e não apagar) conhecimento.

(Fabio Rocha)

P.S.: Novo apelido do Fabiano Pires: GRS73. Melhor mesmo se esconder, amigo…

P.S.2: 5 anos depois: Por que a Wikipedia fracassou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *