AOS FILHOS

Não perca tempos ou vidas
fazendo algo de que você gosta
(menos ainda, que detesta).

Só interessa
o que te apaixona!

Tudo o que temos
é esse fugaz instante eterno
chamado agora.

6 respostas

  1. Pais que, psicanaliticamente criariam filhos… potencialmente (é uma escolha) livres, felizes e sadios… bom poema. bons pais… serei eu um dia!? beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *