TARDE QUENTE

tecla
antes tarde
do que tiro

som suave
de verdade
mentira

pássaro
que não vejo
em paz

2 respostas

  1. “Pássaro/ que não vejo/ em paz”…Intrigante.Vê-lo-ei (somente) em guerra?Num estado de guerra?Belicoso, ele, ou guerreando eu?Teu pássaropoema não pacifica: instaura uma desordem… deliciosa!Abraços, flores, estrelas..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *