O VAZIO INFINITO OU

.

As tragédias dos jornais
e suas intermináveis desgraças
já te convenceram
de que isso é a vida?

E se o sonho
for o
real?

.
.
.
WAKING LIFE
.
.
.

Além desta tela em que lês
(sim, é com você o poema)
há uma parede?

(Há um poema?)

Há uma parede limitando
você
entre o nome na identidade
e a imagem no espelho?

VOCÊ
além da lenda
da profissão e consumo?
(você otorrinolaringologista-especializado-com-pós-e-sem-pena,
você vip-user-premium-gold-platinum-sir-master-hyper-man…)

E se fôssemos além
das paredes
dos ares
dos céus
mares
planetas
galáxias
planos astrais…

(Qual o tamanho do seu infinito?)

(Quanto tempo dura sua imaginação?)

além dos três pontos…

além dos números

além das p-a-l-a-v-r-a-s

além

aléM

avANte

InventE

!invente-SE

3 respostas

  1. Formatações, designações, categorias, imagens e definições… inocentes facilitadores das nossas limitações, não??? Parabéns, vou ver o filme!

  2. Amigo Fabio, não vi o silme mas li o seu poema e o recomendo sim. Maravilha, E você nos surpreendendo sempre a cada verso, a cada poesia nova. E não devia surpreender, até porque conhecemos muito o seu imenso talento para poetar.Parabéns, amigo. Mas, é como você mesmo escreveu:E se o sonhofor oreal?Abraços amigos do Francisco Simões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *