COMO SEGUE O RIO

Vai o tempo
se acumulando nas rachaduras
da pedra.

Não olhar
as perdas:
beleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *