CARPE DIEM

Os poemas que perdi
nessas tardes frias
lendo Comte…

Não são nada
comparados
às mulheres que perdi
nessas tardes frias
lendo Comte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *