DO VAZIO AO SORRISO

Silêncio
manhã
sono
frio
sem rumo
lento
no entanto
falta…


uma
incontestável
falta.

(…)

Insisto
no entanto
existo
logo penso
em tentar
prever
controlar
me preparar
para
o devir
imprevisível
incontrolável
e eternamente
surpreen
dente.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *