ANTIGO TEMA

Antes de tudo,
tudo.

E o passo
mais forte
e despreocupado.

Antes,
tudo eu.

E passo a passo
mais eu ainda
a cada passo.

Mesmo que passe
tudo.

Mesmo que nunca
se chegue
a nada…

Dentro em mim
(fundo, fundo mesmo)
algo não meu:
uma estrela.

6 respostas

  1. Magníficas palavras!“Uma estrela”… algo que não é teu, de facto, que não pertence ao teu mundo, mas que está presente em ti…(ainda que no fundo, bem no fundo)… o símbolo da esperança, da força, da vida, da luz, do sonho… a estrela que vive em ti e que te faz mover!Gostaria de te deixar aqui (e de certa forma, partilhar contigo) um lindíssimo poema, cujo tema é precisamente o “sonho”, que eu considero a alavanca-Mãe que nos empurra para a vida:Pedra FilosofalEles não sabem que o sonhoé uma constante da vidatão concreta e definidacomo outra coisa qualquer;como esta pedra cinzentaem que me sento e descanso,como este ribeiro manso,em serenos sobressaltos;como estes pinheiros altosque em verde e ouro se agitam,como estas aves que gritamem bebedeiras de azul.Eles não sabem que o sonhoé vinho, é espuma, é fermento,bichinho alacre e sedentode focinho pontiagudo,(que fossa através de tudo)num perpétuo movimento.Eles não sabem que o sonhoé tela, é cor, é pincel,base, fuste ou capitel,arco em ogiva, vitral,pináculo de catedral,contraponto, sinfonia,máscara grega, magia,que é retorta de alquimista,mapa do mundo distante,rosa dos ventos, Infante,caravela quinhentista,que é Cabo da Boa Esperança,ouro, canela, marfim,florete de espadachim,bastidor, passo de dança,Colombina e Arlequim,passarola voadora,para-raios, locomotiva,barco de proa festiva,alto-forno, geradora,cisão do átomo, radar,ultra som, televisão,desembarque em foguetãona superfície lunar.Eles não sabem, nem sonham,que o sonho comanda a vida;Que sempre que um homem sonhao mundo pula e avança,como bola coloridaentre a mãos de uma criança.(Rómulo de Carvalho, sob o pseudónimo de António Gedeão.)Este poema foi ainda celebrizado musicalmente por Manuel Freire, que poderás apreciar em: http://www.anos60.com/outros/pedra.htmNele – o poema – vivemos o Mundo, tal como o conhecemos (passado e presente), viajando pelas mais puras e belas maravilhas da Naturezas às fascinantes ciências modernas. Este mesmo Mundo que “pula e avança”, tal qual como é simples e natural o homem sonhar, pois…. “o sonho comanda a vida”!~alexandra~

  2. Alexandra,Lindo poema! Obrigado pela leitura e por dividir conosco! Não achei site seu ou email então escrevi aqui mesmo. O sonho realmente nos empurra pra vida, e para encontros legais como esse em seus caminhos.Abraços do outro lado da poça 😉

  3. Quando vi esta frase, não pude deixar de me lembrar de ti e deste teu poema!«Só quem tem um caos dentro de si poderá dar à luz uma estrela bailarina.» (Nietzsche)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *