TORN(AR)

Olho hoje esta tela
com o peito explodindo em festa
celebrando sensível sem cílios
a plenitude
de viver quase sem medo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *