DE NOVO (DIMINU-INTUITIVO)

Braços apertos
em expansão vertical
girando girando
unhas disparando agulhas
facas matando vacas inocentes
farpas de cercas brancas
nas mãos macias

(Dor como vingança
da dor que cultivamos
no maldito mesmo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *