HOJE

Um poema
pelo amor do deus inexistente
saia desse peito quente
um poema…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *