ODE A MOEDA

E se deslizar
esguio
inotado
transparente
entre as paredes dos dias?

E se escapar
evitando a luta
embromando o sonho e o mal
prevenindo estar desprevenido?

E se adiar o Dia
indefinitivamente?

(equação irresolvível
tendendo ao risível)

Sim, terei perdido apenas
a calma vida
a calma
e a vida.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *